Já tentou de tudo para fazer a dieta dar certo? Só você leitora e amiga poderá dizer em que direção esses cinco passos irão! Eles podem ir de encontro a uma mudança radical no seu corpo, mas também podem ir pra onde você sempre vai e acaba voltando insatisfeita. A relação que temos com o nosso corpo é algo que nem sempre compreendemos e esse post é pra te dizer isso, é compreensível que você esteja falhando ao tentar se alimentar melhor, em fazer escolhas saudáveis, em tentar substituir o que já está acostumada pelas novidades que se apresentam como opções a você.

Sei que se você começou a ler esse post é porque já tentou emagrecer uma ou muitas vezes. Já experimentou algumas dietas, leu sobre o assunto. Talvez já tenha ido mais longe e tomado remédios, participado de grupos de apoio, passado o dia inteiro em jejum. Eu sei como é porque já fiz tudo isso e funciona por algum tempo mas nada se compara aos resultados de uma dieta regrada e balanceada com atividade física fazendo parte do seu dia a dia. Quando eu digo que nada se compara eu quero dizer que nada mais vai funcionar. É sério. Dieta balanceada e exercícios físicos, é isso que dá certo. Nosso corpo não foi feito pra carregar mais do que consome e esse acúmulo de gordura, que não era pra existir, sobrecarrega todo o sistema. As vezes ele sobrecarrega em forma de pane fazendo com que a gente tenha mais vontade de comer ainda e podemos nos encontrar em um beco sem saída quando ficamos por tempo demais nessa situação.

COMO-FAZER-A-DIETA-DAR-CERTO

Você pode estar se perguntando " De onde ela tirou isso? ", me arrisco a dizer que toda pessoa que tenha problemas com o peso já passou boa parte da sua vida tentando lidar com isso. Não importa se a pessoa esteja magra ou não. Pessoas com problemas de peso, com facilidade de engordar, podem ser magras mas não sem bastante esforço. Já tive fases muito magra, magra, gorda, muito gorda. Sei que muitas pessoas vão se identificar com esse " modelo corporal mutante ".


Como fazer a dieta dar certo?

As dicas desse post não são invenção minha, são da autora do livro Mude sua dieta em 52 passos que já publicou mais de 850 artigos nos principais veículos americanos sobre alimentação saudável, abordando assuntos variados como: dietas à base de vegetais, práticas sustentáveis de agricultura e culinária. É a blogueira e nutricionista Sharon Palmer e são dessa expert as cinco dicas para iniciar uma mudança radical e positiva na sua dieta – sem inclusão de alimentos de origem animal e com um número maior de legumes, verduras, grãos e cereais.

Dicas para fazer a dieta dar certo

Talvez você já tenha visto algumas dicas por aí mas pense nessas cinco como algo definitivo, que depende da sua tomada de decisão para fazer a dieta dar certo!

COMO-FAZER-A-DIETA-DAR-CERTO


1.       Seja exigente com os carboidratos:

Podemos dizer que o problema não é propriamente a quantidade de carboidratos, mas o tipo que se consome. Nem todo carboidrato é vilão. Mas Se esbaldar com carboidratos de rápida digestão e refinados – como salgadinhos, docinhos bebidas e pão branco feito de farinha refinada – não é algo muito saudável A gente sabe disso, não sabe?

Esses alimentos elevam rapidamente os níveis de glicose do sangue e estão associados à doenças do coração, diabetes tipo 2 e obesidade. Como mudar o tipo de carboidrato ingerido? Cortando as farinhas brancas. Não compre e você não terá em casa. Se não mora sozinho e não é responsável pelas compras da despensa comece a propor pratos usando carboidratos complexos. Farinhas integrais, batata doce, inhame, tudo isso pode ser adaptado ao cardápio da família. Comece com o que for mais fácil e coloque metas para tirar definitivamente a farinha branca da sua mesa. Aqui nesse link algumas receitas com batata doce para você experimentar. AQUI. Que tal para esse final de semana?

COMO-FAZER-A-DIETA-DAR-CERTO


2.       Não tenha medo de gorduras

O nível de gorduras saturadas deve-se manter no mais baixo possível – menos de 10% das calorias diária. Porém, é necessário ressaltar que existem gorduras que são boas para o coração como, as monoinsaturadas e as poli-insaturadas. Você sabia que tem algumas vitaminas que precisam da gordura para serem assimiladas pelo corpo? Essas gorduras que podemos chamar de boas são encontradas nas gorduras vegetais, por exemplo, as de oleaginosas, sementes, azeitonas, abacates e óleos vegetais que são benéficas para o coração. É importante incluir uma pequena quantidade desses alimentos em seu cardápio para fazer a dieta dar certo. Não é a gordura de fritar coxinha, ok?

COMO-FAZER-A-DIETA-DAR-CERTO


3.       Consuma alimentos da forma mais natural possível:

Reforce o consumo de alimentos integrais, pois esses não são refinados e isso significa que engordam bem mais. Buscar por alimentos que sejam naturais e minimamente processados – e que tenham ingredientes que você possa identificar a olho nu, faz uma diferença considerável na alimentação. Por exemplo: escolha cenouras e não salgadinhos com cor de cenoura ou bolo de cenoura com cobertura de chocolate; em amêndoas e não barrinhas de cereal sabor amêndoas, combinado?

COMO-FAZER-A-DIETA-DAR-CERTO


4.       Faça da variedade um lema:

A variedade no consumo dos alimentos deve vir em primeiro lugar, pois a nossa a saúde depende disso. Por exemplo, se alguém consome apenas alface-americana e jamais come as folhas verde-escuras da rúcula, da couve e do espinafre, está deixando de obter um monte de vitaminas, minerais, fotoquímicos e proteínas. Ou seja, devemos variar ao máximo nossa alimentação para que possamos preencher as pequenas lacunas nutricionais ao longo da semana. Quando você para pra pensar no que vai comer amanhã como se sente? Seguro, porque já tem tudo comprado e organizado? Incerto, porque depende do restaurante a kilo próximo do seu trabalho? É uma questão de organização e a gente sabe que organizar as coisas só dá trabalho no começo e facilita bastante a nossa vida.

COMO-FAZER-A-DIETA-DAR-CERTO


5.       Tire a carne do centro do seu prato:

Essas refeições que possuem o alimento de origem animal – sobretudo a carne – como centro do prato, são tipicamente americanas e introduzidas em nossos costumes. Porém, esse tipo de alimentação pode levar rapidamente as pessoas rumo à obesidade, doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e câncer. Com isso, a dica de Sharon Palmer é que devemos fortalecer nossa dieta com o poder dos vegetais e mudar nosso modo de pensar nas refeições. Não devemos pensar em frango na segunda-feira e bife na terça. Pensemos em couve na segunda e lentilha na terça.

É um hábito, segundo a nutricionista Sharon, e hábitos podem ser mudados. Pra mim era difícil pensar em uma vida sem carne, muito difícil, mas parei de pensar nela como o centro do cardápio faz algum tempo. Continuo comendo mas se não tem eu não fico sem opção. Deixo massas integrais prontas, legumes para sopas e saladas já lavadinhas.

Essas foram as dicas que vão fazer toda a diferença na sua alimentação e vão fazer a dieta dar certo dessa vez. Leia mais sobre o assunto, pesquise, dedique um tempo a refletir sobre seus hábitos alimentares porque eles são MUITO importantes pra sua vida e o fato de não se dar conta disso é que pode te causar problemas em várias outras áreas. Que áreas? Saúde, relacionamentos, auto imagem e por aí vai. Torço por você, torça por mim também.


/Fonte das imagens/

  • Foto 1- Divulgação
  • Foto 2-Revista Donna on line
  •  Foto 3- Blog da Mimis
  • Foto 4- Vida nutritiva
  • Foto 5- Cozinha Vibrante
  • Foto 6- Cozinha Vibrante
  • Foto 7- Guia da semana

Recomendados para você: