alimentos-funcionais-1

Quem acompanha blogs de gastronomia ou de culinária light volta e meia dá de cara com essa definição de alimentos, os do tipo " funcional ". Pelo nome já dá pra ter uma noção de que se trata de algo com uma funcionalidade, uma função, que funcionam para alguma coisa. Mais pra que? Todo alimento não tem uma função? Nem todo? Saia dessa confusão e venha ler esse post que vai ser muito útil para você.

Alimentos funcionais

Vamos a definição básica de todos os alimentos funcionais: São aqueles alimentos ou ingredientes que, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos como parte da dieta usual, produzem efeitos metabólicos, fisiológicos e/ou benéficos à saúde. Eles devem ser seguros para consumo sem supervisão médica e  sua eficácia e segurança devem ser asseguradas por estudos científicos.

alimentos-funcionais-2

Falou em supervisão médica a gente já fica querendo saber se pode ou não pode e quem regulamenta o que é ou não " funcional ". Bom, de acordo com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o alimento ou ingrediente que alegar propriedades funcionais além de atuar em funções nutricionais básicas, irá desencadear efeitos benéficos à saúde e deverá ser também seguro para consumo sem supervisão médica. Ou seja, tem que oferecer um benefício além de matar a nossa fome.

Mas a gente sabe que no Brasil os fabricantes de alimentos têm o péssimo hábito de perder a linha na hora de criar as embalagens e escrevem tanta coisa que ficamos perdidos. É enriquecido com sais minerais, mas isso quer dizer o que? Aqui temos a disposição  vários produtos que tentam agregar um valor nutricional maior aos alimentos. Por exemplo já está sendo produzindo, em caráter experimental, um amido de milho que agrega aveia, cevada, arroz e milho, vitaminas e ferro. Algumas marcas de leite incluem em sua composição o ferro, que ajuda no tratamento da anemia, principalmente entre crianças e idosos, além de várias vitaminas com funções diversas e até um ácido chamado ômega-3, que ajuda no controle do colesterol prevenindo doenças cardiovasculares. Acho que assim fica bem claro o conceito de alimento funcional, não é?


infografico5a


Benefícios dos alimentos funcionais?

Para se beneficiar dos alimentos funcionais é necessário que o seu consumo seja regular, pois esses alimentos funcionam somente quando fazem parte de uma dieta equilibrada. Ou seja, se a pessoa estiver utilizando um alimento para o controle do colesterol, ela terá resultados positivos apenas se associá-lo a uma dieta pobre em gordura saturada e colesterol. Podemos dizer que não tem milagre mas pode ajudar bastante.

alimentos-funcionais-quais-sao

Alimentos funcionais e alimentos fitness são a mesma coisa?

Os alimentos funcionais, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos como parte da dieta usual, agregam diversos benefícios à saúde. Já a alimentação fitness equilibra alimentos saudáveis com alguns ingredientes-chave, que ajudam a melhorar o desempenho durante as atividades físicas

Como exemplo de alimentos funcionais, podemos citar os cereais integrais, sementes, peixes e azeite de oliva. Já para compor o cardápio fitness, não podem faltar alimentos ricos em antioxidantes, proteínas -como frango e ovo- e carboidratos de baixo índice glicêmico, como a batata doce. Esses quem é fã de musculação sempre ouve falar e fica em dúvida se é ou não é funcional.


Alguns alimentos funcionais e suas funcionalidades

Consultando a personal trainer Cau Saad descobri muitas informações sobre alimentos e seus efeitos sobre o corpo e eu gostei bastante. Acredito que é tão divulgado " o que faz mal " que fica um pouco esquecido como usar os alimentos a nosso favor para termos benefícios para a nossa saúde. Por exemplo, depois de uma festa existem alguns alimentos que reduzem o inchaço das bebidas alcoólicas, sabiam? São alimentos ricos em água, como o pepino, chuchu, melão ou melancia. Esses alimentos têm propriedades diuréticas que ajudam a aumentar a produção de urina e reduzir a retenção hídrica. Além da cerveja no carrinho já sabem o que colocar também.

o-que-sao-alimentos-funcionais

Já quem está com a barriga inchada, dolorida, deve consumir: acelga, aipo, ameixa seca, porque são alimentos ricos em fibras que ajudam a combater a prisão de ventre, diminuindo o inchaço e dores abdominais.  A lentilha é sempre lembrada nas festas do final de ano "e esquecida" depois o que é  uma injustiça, já que é um alimento rico em proteína vegetal, que ajuda na formação e no fortalecimento da massa muscular e na cicatrização de ferimentos, além do alto teor de fibras, vitaminas e ferro e pouca gordura, sendo ótima substituta para o feijão do dia a dia.

Devido à grande quantidade de vitaminas e minerais, como cálcio, potássio, magnésio e fósforo, o rabanete é um legume que estimula as funções digestivas, limpa as vias respiratórias e ainda dá uma força ao sistema imunológico. Esse é bom! Uma fruta que não é tão consumida é a nêspera ou ameixa-amarela que é rica em vitamina C e sais minerais, como o cálcio e o fósforo, além de controlar os níveis de gordura no sangue e diminuir a resistência à insulina, atuando assim na prevenção contra diabetes. Estudos ainda indicam que a nêspera apresenta triterpenos, substâncias que modulam a formação de óxido nítrico, que age nas vias respiratórias e tem efeito que pode ser benéfico no controle de bronquite, além de auxiliar no tratamento de doenças alérgicas inflamatórias como asma, rinite e sinusite.

A hortaliça couve-chinesa ou Acelga, que eu adoro e sempre me dá uma força nas dietas na hora de diminuir os carboidratos, é aproveitada por inteiro: talos e folhas. Além disso, ela fica ótima crua e também refogada com azeite e alho. Fonte de vitamina A e C, ela protege o fígado, auxilia no controle do diabetes, pois apresenta fibras e possui substâncias que causam regeneração das células do pâncreas, que é o local onde há a produção de insulina.

A Beterraba está entre os rejeitados, eu pelo menos não gosto se não for batida com cenoura em forma de suco, mas o que poucos sabem é que ela é uma grande aliada no combate ao cansaço. Pesquisadores da Universidade de Exeter, na Grã-Bretanha descobriram que o nitrato encontrado nela ajuda a reduzir o consumo de oxigênio e, portanto, desacelera o ritmo do processo que leva ao cansaço. Por isso, eles recomendam um copo de suco de beterraba antes de praticar atividades. Olha um suplemento barato aí, gente!

As folhas do nabo constituem um excelente alimento com alto teor de vitamina A, vitaminas do complexo B e de vitamina C, cálcio e potássio. Além disso, suas fibras contribuem para regularizar o funcionamento intestinal, que ajuda a digestão. Não é tão fácil de achar no supermercado então vale uma visitinha á feira livre do seu bairro.
A pitanga se destaca pela quantidade de cálcio que carrega, fósforo e ferro, além de vitaminas A e C, indicando seu elevado poder antioxidante o que faz dela uma poderosa aliada para os ossos, ajudando a prevenir doenças como osteoporose. Rica em licopeno, importante na prevenção do câncer.


Funções dos alimentos

  • Probióticos: São alimentos que contém microorganismos vivos que quando ingeridos em determinada quantidade, apresentam efeito benéfico sobre a saúde. Benefícios: Atividade anticancerígena, reduz quadros alérgicos, auxilia na redução do  colesterol, melhora o funcionamento intestinal e fortalecem o sistema imunológico. Onde encontrar: iogurtes e queijos.
  • Resveratrol: Substância antioxidante. Benefícios: Redução do risco de doenças cardiovasculares, anticancerígeno e redução de inflamações. Onde encontrar: uva e vinho tinto.
  • Fitoesteróides: São gorduras vegetais (esteróis e estanóis). Benefícios: auxiliam na redução da absorção de colesterol. Onde encontrar: iogurtes, leite e produtos adicionados.
  • Ácidos graxos: São gorduras benéficas á saúde (ômega-3, ômega 6 e ômega 9) Benefícios: auxilia na manutenção de níveis saudáveis de colesterol. Onde encontrar: peixe, linhaça, chia, óleos vegetais.
  • Carotenóides: É um pigmento amarelo/laranja encontrado em alimentos in natura. Benefícios: ação antioxidante que protege as células contra os radicais livres e anticancerígenos. Onde encontrar: cenoura, mamão, moranga, laranja
  • Fibras alimentares: Compostos solúveis e insolúveis em água que fazem a manutenção do bom funcionamento intestinal. Benefícios: previne prisão de vente, diarréia e câncer intestinal. Onde encontrar: aveia, linhaça, farelo de trigo e frutas.
  • Licopeno: Pigmento de cor vermelha encontrado em alimentos in natura. Benefícios: evita e repara os danos dos radicais livres que alteram o DNA das células e desencadeiam o câncer. Onde encontrar: Tomate e seus derivados, além de beterraba e pimentão.
  • Antocianinas: Encontrados em alimentos da cor roxa e vermelho escuro. Benefícios: Previne doenças cardiovasculares e câncer. Onde encontrar: uva, mirtilo, morango…
  • Lignanas: Substância antioxidante. Benefícios: Inibe a formação de tumores e equilibra o hormonal. Onde encontrar: linhaça
  • Isoflavonas: Substância antioxidante. Benefícios: previne osteoporose, doenças cardiovasculares, alivia sintomas da menopausa e previne câncer. Onde encontrar: soja, leguminosas e amendoim.
  • Sulfetos Alílicos: Substância antioxidante. Benefícios: Reduzem doenças cardiovasculares, melhora o sistema imunológico, reduz pressão arterial e previne câncer. Onde encontrar: alho e cebola.

Depois de ler bastante sobre alimentação que fique claro que não estou sugerindo montar um cardápio lotado apenas de azeite e peixe, o que seria uma grande loucura! Primeiro, porque os mesmos alimentos diferem entre eles. O tomate de uma região é diferente da outra. Conta também o seu modo de vida. Isso influencia na maneira como os alimentos agem no seu corpo. Ou seja, os alimentos só são capazes de oferecer benefícios quando a dieta é correta. O ideal é montar um cardápio com a ajuda do profissional que estudou para isso, o nutricionista. Quem nunca se consultou com um não faz ideia de como isso pode mudar a sua vida e fazer você se sentir bem. Eu recomendo!


Aqui abaixo algumas receitas bem gostosas para te ajudar a colocar os alimentos funcionais no seu dia a dia:

Muffin de Framboesa

alimentos-funcionais (2)
Ingredientes

300g de farinha integral
1 colher (chá) de fermento
80g de açúcar mascavo
50g de flocos de aveia
280 ml de leite desnatado
2 ovos
60g de azeite
200g de framboesas frescas
Aveia para polvilhar

Modo de preparo

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Mistura a farinha com o fermento, a aveia e o açúcar. Bata os ovos com o leite e o azeite. Faça um buraco no centro da farinha e misture os líquidos com as framboesas. Coloque 12 bases de muffins num tabuleiro e divida a mistura uniformemente. Polvilhe com aveia na superfície para acrescentar textura. Deixe cozinhar de 25 a 30 minutos.  Sirva ainda quente.


Sagu de chia com suco de uva

alimentos-funcionais (3)

Ingredientes

100 ml de suco de uva integral sem adição de açúcar
2 colheres (sopa) de chia
1 cravo-da-índia

Modo de preparo

Coloque em um recipiente de vidro o suco de uva integral, a chia, o cravo-da-índia e mexa com uma colher. Deixe a mistura na geladeira por 24 horas. Nesse tempo, mexa algumas vezes para deixar a chia bem soltinha. Na hora de consumir, adicione framboesas ou morangos.


Fontes:

  • Site Só nutrição
  • Personal Trainer Cau Saad
  • M de Mulher

Crédito das fotos:

  • Foto1- Site Sou vegetariano
  • Foto 2- Mais Bio
  • Foto 3 – www.jovemcientista.org.br
  • Foto 4- Divulgação
  • Foto5 – Tecnologia do tênis
  • Foto6- Aliados da saúde
  • Foto7- Bolsa de Mulher
  • Foto8- briefingsebatons.com.br