escolha-do-vestido-de-noiva

A decisão pelo vestido de noiva é uma das maiores preocupações da mulher que irá se casar. É muito importante lembrar que é preciso calma, paciência e muito senso de observação na hora da procura, pois você pode acabar comprando um modelo e depois se arrepender caso encontre outro mais bonito ou que caia melhor no seu corpo.

Cabe apenas à noiva determinar a escolha da peça. Por isso, não compre um vestido levando em consideração apenas o gosto de seus familiares ou amigos. Por mais que a opinião deles seja importante e estimada, é o seu dia de se sentir bonita, especial e confortável com que irá vestir.

Visite ao menos cinco lojas diferentes e procure por imagens na Internet e de revistas. Nesse caso, quanto mais opções você tiver, menos dúvidas terá sobre o estilo, a cor, a forma ou o design. Além disso, os pequenos detalhes são essenciais na hora de confeccionar a peça. Geralmente, os vestidos nas mãos são bem diferentes do que no nosso corpo.

A roupa também precisará se adequar ao tipo de cerimónia, recepção, formalidade, data e localização do casamento. Só compre quando estiver certa do local, do horário e da decoração do ambiente. Por exemplo: tecidos como a seda podem estragar em ambientes extremamente úmidos. Tome cuidado.

Experimente para valer antes de comprar a roupa: sente-se, levante os braços e rode para ter certeza de que ela não irá incomodar, rasgar ou ficar desconfortável no seu corpo. Não compre um vestido para tentar parecer mais magra ou que você precise perder peso para servir. Isso só causará mais stress e problemas desnecessários.

Os vestidos em corte A, ou estilo princesa caem melhor em mulheres mais cheinhas e fortes. Quem tem o quadril largo e o bumbum grande deve usar vestidos em corte evasê, sem recortes verticais, evitando os decotes nas costas. Os drapeados, bordados e brilhos alongam a silhueta. Caso queira acentuar as curvas, escolha tecidos pouco rígidos e maleáveis.

Se desejar moldar ou disfarçar certas partes do corpo, opte por tecidos mais duros. Para alongar o torso ou para diminuir a cintura larga, escolha um vestido com corpete em silhueta V, alongando o tronco.

Para as baixinhas, os tecidos simples e lisos, sem florados, são melhores, além dos vestidos longos, com cintura império ou os curtos acima do joelho, para alongar a silhueta.

 O véu precisa combinar com o vestido de forma harmoniosa. Vestidos sem manga e acinturados combinam com os véus compridos. Os rodados e do tipo bailarina dão certo com véus curtos ou na altura da cintura. Quanto mais elaborado e decorado o vestido for, mais simples deve ser o véu.

Repare se o seu tom de pele se adequa à cor do vestido. Não esqueça que a iluminação na loja não é a mesma que existe no dia do casamento. Consulte um estilista ou um costureiro para saber qual corte, formato e estilo são os mais indicados para o seu corpo e personalidade.

Os acessórios não podem ser deixados de lado. As luvas, o véu, o bouquet, as joias e os adornos de cabelo devem ser pensados juntamente com o vestido. Os sapatos  não devem ser muito altos, e é recomendável você começar a usá-los uma semana antes do evento, em casa, para ir se acostumando.

Não se esqueça de comprar uma sapatilha ou chinelo personalizados caso queira ficar mais confortável para dançar ou se estiver com os pés cansados. Os sapatos nude alongam o shape do corpo tipo mignon.

Decotes em formato V ou U, com o colo nu ou coberto com renda disfarçam o volume dos seios. As que têm seios pequenos devem optar pelos decotes mais fechados e com bojo, além dos decotes transpassados, apliques, tecidos estruturados e barbatanas. Evite os modelos tomara-que-caia e os tecidos moles que não sustentam e achatam.

As magras e altas podem tentar aumentar o busto com bojo e o bumbum com uma saia mais volumosa, para não parecerem muito magras. Os vestidos curtos achatam as pernas grossas e aumentam o volume das coxas e quadris, por isso, os médios e longos são mais indicados. Quem tem pernas finas pode usar os modelos tipo balonê, de tecidos volumosos e com comprimento na altura dos joelhos.

Os decotes abertos, tipo canoa, disfarçam os ombros largos, assim como as linhas verticais, as alças largas e os decotes em V. Detalhes como cintos e faixas também ajudam as noivas que não tem uma cintura definida. Dessa forma, abuse nas saias amplas e corpetes ajustados, tipo espartilho.

E aí meninas, o que acharam dos modelitos exibidos neste post? Realmente decidir qual vestido usar no grande dia não é uma tarefa fácil, né? Em um outro post mostramos modelos de vestidos de noiva 2013 para as noivinhas que pretendem se casar e curtem seguir tendências de moda. Aqui rolam super dicas os preparativos de casamento!

Além da escolha do vestido, alguns detalhes fazem toda a diferença: A maquiagem, o penteado e as unhas. Exatamente por isso, o Muito Chique preparou posts especiais para as noivas que vão se casar em breve, confiram aí!