apertei-uma-espinha-o-que-fazer (2)

Se você sofre com a acne ou está apenas louca de vontade de espremer aquele espinha do rosto ou nas costas, fique calma e não cutuque!

Não é nem um pouco aconselhável, porque além da dor, o ato pode provocar lesões, cicatrizes, cistos e até infecções mais graves.

Isso porque produzimos bactérias, além da sujeira, que estão presentes nas unhas, nas mãos e ao tocarmos o nosso rosto, corremos o risco de causar uma infecção, caso alguma delas entre em contato com uma ferida, arranhão ou machucado.

O ideal mesmo é fazer um tratamento (limpeza de pele), ou à base de ácidos manipulados, com uma esteticista ou um dermatologista. No caso, a limpeza pode ser realizada a cada quinze dias.

apertei-uma-espinha-o-que-fazer

Como prevenir as espinhas

Para controlar o aparecimento de cravos e espinhas é essencial que a pele esteja sempre limpa, e a oleosidade controlada. Por isso, lave o rosto com um sabonete específico para o seu tipo de pele, pelo menos duas vezes ao dia, e não mais do que isso.

Depois, use um adstringente e uma creme (oil-free para peles oleosas) hidratante. Você também pode aplicar um esfoliante para os cravos, uma vez por semana.

Outra dica importante: não passe a mão no rosto o tempo todo. Assim você evita a produção de mais óleo na pele.

Evite dormir maquiada para que não haja a obstrução e/ou entupimento dos poros. Dormir bem e ter uma alimentação balanceada também diminuem o surgimento de cravos e espinhas.

Evite manchas de espinhas na pele

Uma espremida impulsiva ou um arranhão podem deixar manchas e cicatrizes permanentes, ou que irão sair somente com um tratamento específico e dermatológico. Ao tentar remover espinhas ou furúnculos próximo ao nariz, há o risco de se desenvolver problemas mais sérios na região.

No caso, a infecção pode ir para os seios nasais, as artérias e provocar uma trombose dos seios cavernosos. Ela também pode chegar no sistema nervoso central e gerar uma meningite, sendo necessária a internação para a ingestão de antibióticos.

Pessoas que apresentam imunidade baixa, portadoras do HIV e de outros males costumam ser mais propensas a ter infecções, devida à má remoção de uma espinha. Por isso, novamente o alerta: não tente remover cravos e espinhas com métodos caseiros ou por conta própria.

espremer-espinha

Cuidados ao espremer uma espinha

Algumas espinhas até podem ser removidas, se tiver todo cuidado necessário e se estiverem quase saindo! Evite apertá-las se ainda não estiverem 'maduras', principalmente se for uma espinha interna, você não vai conseguir expulsá-la ao tentar espremer e provavelmente vai ficar com a pele manchada. (Veja como tirar manchas da pele)

Quando estiver com uma espinha inflamada, mantenha a pele higienizada e evite mexer no local. Deixe que a espinha saia naturalmente.

Se a espinha 'madura' e você visualizar que ela está com a pontinha quase saindo, vale a pena tentar expulsá-la, pois com um simples toque, provavelmente ela vai sair. Veja alguns segredinhos para tirar/expulsar espinha sem agredir a pele e também como secar espinha em um dia. Essas dicas são ótimas!