depilacao

Você já sofreu ou está sofrendo com o aumento ou a presença excessiva de pêlos no corpo? Geralmente, o problema pode ter dois motivos: produção de uma grande quantidade de hormônios masculinos, e o uso de medicações especificas que levam ao aparecimento de pêlos indesejáveis.

Além disso, a causa pode ser genética e hereditária. Normalmente, as descendentes de italianos, espanhóis, gregos, portugueses e árabes têm maior predisposição a desenvolverem mais pêlos na região das axilas, da barriga, do buço, das pernas e dos braços.

Excesso de Pêlos

Já as mulheres adultas com muitos pêlos no rosto, nos mamilos e no abdômen, provavelmente têm distúrbios hormonais. Além disso, a obesidade também pode ser um fator contribuinte, pois o excesso de enzimas presentes no corpo transformam o estrógeno em testosterona, hormônio característico do homem.

pelosnorosto

Doenças das glândulas adrenais, tumor do ovário, uso de anabolizantes, tratamentos com cortisona, problemas crônicos como a síndrome dos ovários policísticos ou a hiperplasia adrenal congênita, anorexia nervosa e o hipotireoidismo também podem ter relação com a produção demasiada de pêlos. (Veja mais sobre os sintomas da tireoide)

get

O tratamento consiste em uma dieta hipocalórica e na perda de peso. Os ciclos menstruais devem ser normalizados com o uso da pílula anticoncepcional, além dos tratamentos endocrinológicos, psicológicos ou de quaisquer outras origens que o profissional irá recomendar.

Portanto, é fundamental o diagnóstico e a orientação médica antes de procurar um método depilatório. No caso, o laser e a fotodepilação podem ser realizados como um tratamento complementar.