O crochê é uma técnica adorada por muitas pessoas e com ela é possível criar produtos lindos, personalizados e únicos, totalmente artesanais. Essa técnica pode ser usada para criar produtos próprios e até mesmo roupas para si, mas também é uma forma de negócio que muitas pessoas já estão investindo.

Se você é iniciante no crochê e quer saber mais, confira a seguir dicas para começar e alguns tutoriais de pontos fáceis.

Qual linha e agulha usar?

Você sabia que existe mais de um tipo de agulha e linha? De acordo com a grossura do fio, será preciso um tipo de agulha e assim por diante, visto que uma escolha reflete na outra. Além disso, as agulhas para crochê podem ser de vários materiais: madeira, plástico, aço, alumínio, cabo emborrachado, entre outros. O tamanho da agulha também varia e para escolher, tudo depende do tipo de trabalho que deseja fazer.

Quem está começando deve investir em linhas mais finas, pois são mais fáceis de trabalhar. Em conclusão, deve obter também uma agulha mais fina. Escolha primeiro a sua linha e depois, na própria embalagem dela, confira o tamanho de agulha que é indicado.

Pontos do crochê

Todos os pontos do crochê começam com o mais simples deles que é a correntinha. Aprendendo-a, será possível investir em pontos mais complexos para seus trabalhos. O ponto correntinha é o mais utilizado, podendo ser incrementado com outros pontos. Com ele você inicia o que deseja fazer. Por isso é indicado que os iniciantes comecem somente pela correntinha e só passem para outro ponto quando já estiverem bem seguros, até que não deixe o ponto nem muito solto nem muito apertado.

O ponto baixíssimo do crochê é usado para finalizar as peças ou ainda para reforçar bordas. Já o ponto baixo é indicado para peças que precisam de firmeza, como tapetes. O ponto alto é indicado para peças cujo tecido usado é mais mole, sendo mais aberto em relação ao ponto baixo. Todos esses são os pontos básicos do crochê e que devem ser aprendidos, aos poucos, pelos iniciantes.

Dicas para os iniciantes em crochê

A primeira dica para quem está começando é nunca começar o ponto na sua peça original, a que você deseja fazer. Faça um ou duas peças testes para que você se sinta seguro e obtenha o resultado desejado, depois basta replicar na peça original. No começo você deve dar preferência para agulhas com 2,5mm e linhas mais finas, para aprender bem como fazer cada ponto.

Você deve treinar bastante o ponto correntinha antes de passar para qualquer outro, afinal ele é a base para todos. Dê preferência para linhas com uma cor única enquanto está aprendendo. Caso você tenha dificuldade com a linha de crochê, pode ir treinando com a linha de tricô e uma agulha média.

O que é preciso para fazer crochê

A agulha e a linha são os materiais primordiais para o crochê, mas há outros materiais que podem ser usados como tesoura e fita métrica.

Gostaram meninas das nossas dicas? Comece seus primeiros pontos no crochê e depois nos conte como foi.