O crochê deixou de ser considerada uma peça de praia  e ganhou as ruas e passarelas. Cada vez mais estão fazendo a cabeça da mulherada, e fashionistas afirmam que pode ser usado até no ambiente de trabalho. E você o que acha disso?  Curte peças de crochê? Sabe fazer?Se você ainda tem aquele antigo pensamento que crochê é coisa de avó saiba que esse pensamento pode e deve mudar. Hoje temos muita informação sobre os vestidos de crochê e pode ser uma boa opção para quem está querendo experimentar a moda handmade.

Posso dar uma opinião pessoal? Já fui a um evento formal com um vestido sem mangas e longo de crochê. Era cinza, com forro e com detalhes em canutilhos.  Fiquei me sentindo uma verdadeira sereia a noite inteira. É uma peça que tem uma certa mística e que transborda no look. Confesso que me surpreendi com a sensação que aquele vestido me trouxe. RECOMENDO fortemente!

Os vestidos de crochê e a moda

Os modelos de vestidos de crochê estão em alta em 2018 e junto com os vestidos de renda, estão dominando a moda esse ano. As razões para isso são óbvias: eles passam um ar romântico, sexy e combinam bem com clima brasileiro. Já tem o seu? Por essa razão, os modelos de vestidos feitos em crochê vão dominar os guarda-roupas das mulheres brasileiras nesta estação. Não é para menos.

Os vestidos de crochê, dos mais elegantes aos mais casuais, nunca perdem seu estilo e personalidade. Ter um desses é garantia de estar preparada para arrasar com um look que é tendência da moda.

Como combinar vestidos de crochê

Uma peça de crochê pode funcionar tanto para ambientes descontraídos como para o trabalho. Os vestidos podem ser combinados com calçados casuais, como rasteiras e botas de salto baixo, mas também com calçados mais formais com salto alto.

Como usar a noite e no dia a dia

Saiba que os modelos com pontos mais abertos criam o efeito vazado e deixam o corpo mais exposto. Portanto, em situações formais o look pode ser arrematado por cardigãs, jaquetas ou blazers para evitar a exposição do corpo causada pela abertura dos pontos.

Vestidos de crochê em eventos sofisticados

Os vestidos para um evento noturno podem ser longos para madrinhas de casamento ou curto para convidadas. Ambos os comprimentos podem integrar looks finalizados por calçados de salto alto e acessórios festivos, com pedrarias por exemplo, para criar o glamour que a situação pede.

Para os eventos noturnos, vestidos que tenham algo de precioso são boas escolhas na montagem do look. Este diferencial que valoriza o vestido pode ser linhas com fios metálicos que podem ser dourados, prateados ou furta-cores, que dão um efeito refinado e sofisticado à peça.

DICA DA BLOGUEIRA: Uma dica para deixar os vestidos ainda mais estilosos, é ousar nas cores, apostando em combinações inusitadas.

Vestidos de crochê são fáceis de fazer?

As peças únicas podem parecer as mais fáceis de usar, mas nem sempre é assim, já que você tem somente uma aposta. Tem que caprichar e não pode errar de jeito nenhum. No caso de um vestido de crochê, ele já o protagonista da sua produção e os acessórios devem ser discretos para não tirar o charme da peça principal.

Algumas dicas para cuidar das suas peças de crochê

O trançado da linha no crochê oferece maior fragilidade às peças de roupa. Portanto, preparamos as seguintes dicas para a conservação e manutenção destas peças para mantê-las sempre impecáveis e com aparência de novas:

1. Evite usar máquina na lavagem: lavar a peça de crochê manualmente evita que ela esteja em contato com outras roupas dentro da máquina, o que favorece que fios sejam puxados e que a movimentação brusca da máquina afete a modelagem da peça.

2. Opte pelo sabão neutro: o sabão em pó pode ser agressivo para a delicadeza do crochê, e é indicado que na lavagem seja usada água fria ou morna para que os fios sejam menos agredidos ou possam remover o brilho de linhas diferenciadas, como as metálicas por exemplo.

3. Não pressione a peça para remover o excesso de água: centrifugar a roupa ou torcê-la manualmente aparentemente são boas saídas para remover o excesso de água das peças após a lavagem, porém estes procedimentos não são indicados para as peças de crochê, pois podem deformar a peça.

4. Não utilize prendedores durante a secagem: a secagem ideal para a peça de crochê é feita em ambientes planos, preferencialmente revestidos por uma toalha para absorver o excesso de água. Os prendedores podem afetar a conservação da peça e criar marcações indesejáveis.

5. Evite altas temperaturas na passagem da roupa: as altas temperaturas do ferro podem prejudicar o “tecido” e causar marcações, portanto é aconselhado controlar a temperatura e também proteger a peça por um tecido leve, como uma fralda por exemplo, para evitar o contato direto do ferro com a peça.

6. Armazenamento das peças: caso as peças não possam ser armazenadas em cabides revestidos por tecidos, para evitar que fios sejam puxados, é indicado que sejam armazenadas dobradas, de preferência sem serem pressionadas pelo peso de outras peças.

7. Atenção com os acessórios: alguns acessórios podem ter detalhes com correntes ou serem feitos de algum material que favoreça que os fios sejam puxados. Sendo assim, é importante se atentar na escolha dos acessórios, pois eles podem estragar uma peça de roupa no primeiro uso.

8. Conserto dos fios puxados: alguns danos menores podem ser resolvidos com a própria agulha de crochê e até mesmo com um grampo de cabelo, sendo feito um procedimento para esconder o fio. Porém nos casos mais graves existem linhas transparente que podem ajudar a reparar o dano, ou em caso extremo é válido procurar uma pessoa especialista no assunto.

Espero que tenham ficado realmente com vontade de experimentar essa tendência tão delicada e sofisticada ao mesmo tempo.  São várias as possibilidades para quem quer usar vestidos em crochê, desde os curtos e informais até mesmo os de casamento, todo em linha branca, com acabamentos.

Na nossa galeria de fotos selecionadas sobre o assunto você vai encontrar um pouco de tudo que falamos aqui nesse post. Tem pra todo mundo. Alguns modelos estão com os pontos para que as leitoras talentosas usem essa informação na confecção de suas peças.

Sites como o Mercado Livre, loja Elo7 e outros vendem vestidos prontos produzidos por artesão que você pode contatar diretamente. Isso deixa a peça até mais especial do que ir a uma loja e escolher o modelo. Claro que experimentar a peça na loja é uma experiência com menos erros e mais confortável. Fica aí essa opção para quem realmente valoriza esse tipo de artesanato ( ou arte, como eu prefiro chamar ) . E claro, vocês também podem fazer o seu próprio vestido, aí sim é uma experiência indescritível!

Recomendados para você: