O assunto de hoje é  a spirulina para emagrecer, você sabe como usar, se funciona e emagrece mesmo, e para que serve de verdade? É possível que já tenha ouvido falar dela e veio aqui procurar saber mais sobre ela e seus efeitos sobre o nosso corpo. Mas será que o que você ouviu é verdade? Será que faz sentido ingerir essas cápsulas visando emagrecimento? E se realmente emagrece, porque isso acontece? Antes de responder a todas essas perguntas quero te contar um pouco da minha história e dos remédios pra emagrecer que já tomei. Porque eu já tomei ” de um tudo ” para emagrecer.

Spirulina para emagrecer

A cada temporada surge um produto emagrecedor imbatível. Já passei por várias gerações de produtos mágicos e usei boa parte deles. Desde criança, lá pelos dez anos, eu, influenciada pela minha mãe, já era mega ligada em dietas. O pavor de engordar ao logo de toda vida sempre foi  tanto que já tomei coisas absurdamente prejudiciais para a saúde, como remédios para diabetes, remédios controlados, cápsulas naturebas e outras que apenas vinham um número escrito em uma etiqueta. Já fui muito dependente de remédios para emagrecer e consegui sair da roleta russa em que me meti.

Cada cápsula poderia ser a última que tomaria sem comprometer de forma definitiva a minha saúde. Engordei e emagreci milhares de vezes. Por isso me comprometo a escrever um post embasado para vocês e espero que aproveitem.

spirulina-para-emagrecer

Quem conhece, sabe bem, a Spirulina tem cara de alga, cor de alga, cheiro de alga mas ela não é alga não. – a spirulina é uma bactéria capaz de fazer fotossíntese, denominada cianobactéria. Ela vive em colônias com aparência semelhante a algas, o que colaborou para a confusão que durou anos para ser desfeita. As espécies que costumam ser vendidas em cápsulas são a Arthrospira maxima e Arthrospira platensis. Elas foram identificadas erroneamente como Spirulina e este nome acabou permanecendo comercialmente. Que coisa, né?


De onde vem a spirulina?

Ela  pode ser encontrada em lagos, diferentemente das algas, que costumam ser marítimas. Porém ela se desenvolve apenas em águas alcalinas, com pH muito elevado. Em geral, rios e lagos tem pH em torno de 7 a 8, mas a spirulina se desenvolve em águas de pH entre 10 e 11. No Brasil, um local onde ocorrem as condições adequadas para a reprodução dessa bactéria é o Pantanal.

spirulina-para-emagrecer

Spirulina havaiana e Spirulina comum

A grande diferença entre a nova spirulina havaiana e a  comum está na pureza do produto: a spirulina havaiana, cultivada na região de Kona, no Havaí, seria livre de contaminantes provenientes da tinta utilizada na pintura de cascos de embarcações, e metais como mercúrio e chumbo, que fazem mal à saúde – mas sua composição é a mesma das spirulinas “anteriores”.

Qual a composição da spirulina?

Ela apresenta uma grande quantidade de proteínas – cerca de 60% de sua composição. Ela também possui vitaminas, como o betacaroteno (que pode ser convertido em vitamina A) e vitamina B12. Apesar da composição, especialistas não se mostram confiantes em relação ao efeito emagrecedor prometido. A principal razão apontada é a falta de comprovação científica.

spirulina-para-emagrecer


Spirulina emagrece mesmo?

A spirulina existe há anos, e, como inúmeros outros fitoterápicos que são ditos emagrecedores, não há nada provado sobre sua eficácia até agora. Alguns estudos já foram publicados como um que saiu em 2002 no  Journal of the American Nutraceutical Association, feito pelo professor Amha Belay, analisa a potencial aplicação nutricional e terapêutica da spirulina.

O artigo relata que a spirulina apresenta grande potencial como anticancerígeno, antiviral e como redutor de colesterol, mas o autor reafirma que são necessários mais estudos para que esse potencial possa ser comprovado. É preciso levar em conta, porém, que Amha Belay é diretor, desde 1989, de uma empresa que vende a spirulina comercialmente e que o periódico em que a pesquisa foi publicada é irrelevante no meio científico. Aí fica difícil de levar a sério, não é só no Brasil que essas coisas acontecem.

spirulina-para-emagrecer

Outra pesquisa, publicada em 2008 no periódico Evidence-Based Complementary and Alternative Mediine (eCAM), levanta a hipótese de que o efeito anticancerígeno pode estar relacionado à presença de betacaroteno na spirulina. Por outro lao, os autores desse estudo consideram que não existem evidências de alto nível que indiquem seu potencial antiviral. Para esses autores, a spirulina é considerada um suplemento alimentar seguro, sem efeitos colaterais, mas cujos benefícios ainda carecem de comprovação.

Você também pode gostar de ler:


Benefícios da spirulina

Possui mais benefícios do que se pode imaginar e não só pelo fato de ajudar a emagrecer não, e sim porque tem diversos benefícios para o organismo. Vamos conhecer alguns? Veja abaixo uma listinha deles!

spirulina-para-emagrecer

Spirulina ajuda a previnir o câncer

Rica em propriedades antioxidantes, a spirulina pode ajudar a prevenir vários tipos de cânceres. Combinado a outros nutrientes, como o selênio, o suplemento alimentar reduz drasticamente o risco de câncer de mama. Em relação à doença no fígado, o consumo da planta pode ajudar na diminuição de tumores em até 80%.

Spirulina fortalece o sistema imunológico

Estudos apontaram que a spirulina pode ser capaz de estimular a produção de anticorpos contra os chamados organismos patogênicos que afetam a nossa imunidade. Os efeitos são de menos infecções e surgimento de doenças crônicas.

Combate o diabetes

Por ajudar na redução da chamada inflamação sistêmica, responsável por diminuir a nossa resistência à insulina, a spirulina pode ser uma grande aliada no tratamento e prevenção do diabetes tipo 2. Ainda, a alga é capaz de alterar o perfil lipídico no organismo e aumentar o colesterol bom (HDL).

spirulina-para-emagrecer

A Spirulina protege o fígado

Entre os benefícios ligados à spirulina também está a proteção do nosso fígado. Ela tua na redução da inflamação, inibindo a peroxidação lipídica e diminuindo o acúmulo de triglicerídeos no órgão vital. Além disso, o suplemento alimentar pode ajudar a proteger o fígado contra os danos tóxicos de alguns metais, como mercúrio e chumbo.

Spirulina combate infecções

Como mencionado anteriormente, ela ajuda a fortalecer o nosso sistema imunológico através da formação de anticorpos. O resultado é de menos infecções no organismo. Há registros de que o suplemento alimentar seja eficaz no combate à herpes, HIV e gripes.


Outras vantagens da Spirulina

  • Previne o envelhecimento precoce
  • Trata doenças respiratórias
  • Previne doenças cardiovasculares
  • Melhora a saúde mental
  • Ajuda a emagrecer
  • Fortalece os ossos
  • Reduz o colesterol
  • Combate a anemia

Como tomar Spirulina

De um modo geral, especialistas indicam que a dosagem máxima de spirulina é de 800 mg a 1200 mg por dia, independente da forma como for ingerida. Isso porque, como os seus efeitos colaterais ainda são pouco conhecidos pela medicina, um excesso poderia prejudicar a sua saúde, sem chance temporária de inversão.

spirulina-para-emagrecer

Se o seu objetivo for adicionar a spirulina à sua alimentação apenas como um suplemento nutricional natural, a dica é investir nas formas em cápsulas ou comprimidos. Neste caso, a dosagem recomendada é de 2 a 3 comprimidos – com 400 mg cada – ou cápsulas por dia, sempre junto às refeições (antes ou durante). No caso de pacientes obesos, os médicos costumam indicar a dosagem de 6 a 9 comprimidos ou cápsulas. Se a sua opção for consumí-la em forma de pó, a recomendação médica é de uma colher de sopa por dia. Para deixar a ingestão mais saborosa, pode-se acrescentar esta colher à sucos de frutas ou vitaminas, sopas ou refeições comuns.


Como tomar spirulina para emagrecer

Neste caso, a dosagem recomendada é de 2,8 gramas por dia, independente da forma que você comprou (pó, comprimido ou cápsula). A dica é dividir esta dose em três vezes e tomar sempre antes das principais refeições, como café da manhã, almoço e jantar.

Spirulina emagrece mesmo?

Antes de começar a tomar para emagrecer, é preciso estar acompanhada de um regime de exercício e alimentação balanceada, porque esta alga por si mesma não emagrece. É recomendada por muitos especialistas como uma ajuda para acalmar os impulsos e manter a vontade durante o processo de perda de peso.

spirulina-para-emagrecer


Como consumir a spirulina

Ela é encontrada de diversas formas se encontrar em sachês prontos do pó, vendidos em casa de produtos naturais. Aqui abaixo vai uma receitinha de suco para usá-la de forma turbinada.

Suco energético com mix de algas unicelulares

Ingredientes

  • ½ manga
  • 2 colheres de sopa de abacate
  • 1 sachê de algas unicelulares
  • 1 unidade de castanha-do-pará
  • 1 copo de água mineral ou de coco
  • 1 colher de sobremesa de mel para adoçar

spirulina-para-emagrecer

Foto: Lisa Hayim/Nutricionista

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata por 3 minutos, com a água mineral ou de coco. Servir gelado.

Dose recomendada

Beber 1x ao dia ou em períodos em que precisar de energia extra.


Contraindicações da spirulina

O uso não é indicado para grávidas e lactantes, crianças, pessoas com problemas no sistema imunitário – podendo causar doenças como esclerose múltipla, artrite reumatoide e lúpus – além de pessoas com fenilcetonúria, uma doença genética que incapacita a metabolização da fenilalanina. Mais informações sobre a Spirulina clique aqui.

Recomendados para você: