Já conversamos sobre esse tema de viagens e filhos algumas vezes aqui no blog, mas esse tema nunca se esgota porque sempre aparecem novos destinos e histórias de sucesso bacanas entre nossas amigas e seus babies ao redor do mundo. Sempre alguma praia nova, um hotel com serviços legais, uma dica que faltou dar.  Viajar com filhos não é impossível nem ruim mas requer planejamento, espero ajudar com as dicas desse post hoje.

Se a sua pergunta inicial é COMO VIAJAR com bebês, calma que vou te dar algumas dicas preciosas de pessoas que já viajaram bastante, erraram e mandaram você ficar calma. Depois então a gente conversa sobre ONDE IR com os bebês. Pode ser assim?

Quando começar a viajar com bebês

Após os três meses os bebês podem ser ótimas companhias de viagem. Não são mais tão frágeis mas ainda são muito “portáteis”: podem ser carregados de cá para lá quase sem reclamar, pois não estranham tanto a mudança de ambiente. As coisas vão mudar depois que seu filho aprender a engatinhar e andar, portanto aproveite esta fase!
DICA:

As últimas semanas da licença-maternidade são um ótimo período para dar uma escapada, antes de voltar à rotina do trabalho.

O que levar para viajar com bebês

Carregue com você: creme antiassaduras, sacos plásticos para guardar fraldas sujas, fraldas limpas e o analgésico recomendado pelo seu médico para o caso de febre. Você pode levar também um remédio para gases — peça uma indicação ao pediatra –, soro fisiológico para desentupir o nariz e mordedores, se os dentes estiverem para nascer. Dê uma olhada no nosso artigo sobre a farmacinha doméstica e em nossa lista para mais ideias do que levar.

Se a viagem for de avião, dê o peito ou a mamadeira durante a decolagem e a aterrissagem, pois o movimento de sucção ameniza uma eventual dor de ouvido.Leve bonés, chapéus e filtro solar com fator de proteção acima de 30 para o bebê (muitos pediatras não recomendam o uso de protetores solares até os 6 meses por risco de reação alérgica).

Crianças de menos de 6 meses não devem ser expostas diretamente ao sol por mais de 15 minutos, e bebês entre 6 meses e 1 ano devem ficar sob o sol com moderação, evitando o horário entre 10h e 16h (ou 11h e 17h, se houver horário de verão).

Como viajar de carro com bebês

Em viagens de carro, bebês de menos de 1 ano devem obrigatoriamente sentar em cadeirinhas viradas para o vidro traseiro, de preferência no assento do meio do banco de trás.

Proteja o bebê do sol dentro do carro, instalando um daqueles painéis especiais para fazer sombra ou então improvisando uma “cortininha” com uma fralda de pano. Prenda o bebê conforme as instruções da cadeirinha e não deixe que o cinto de segurança fique frouxo.Não deixe o bebê dormindo dentro do carro estacionado, e cuidado com o calor se ele estiver dormindo no carrinho.

Como acalmar o bebê na viagem

Seja criativo! Faça jogos e brincadeiras que não dependam de muita parafernália. Você pode cantar e contar histórias ou propor um jogo de adivinhação, por exemplo, se o seu filho já for maiorzinho. Não deixe a diversão só por conta de aparelhos eletrônicos. Você também pode levar, em uma bolsa, alguns dos brinquedos favoritos do seu filho, além de um ou dois com os quais ele não tenha brincado recentemente. Não precisa ser nada muito elaborado: qualquer coisa que acenda e faça barulho, chocalhos, mordedores, bichinhos de pelúcia, livrinhos… Um bom critério de escolha é o tamanho: você não vai querer ficar carregando aquele centro de atividades enorme ou aquele caminhãozão para lá e para cá.
Depois de todas essas dicas vamos escolher um destino?

Quatro estados com atrações para a família

Vá com o bebê ao  CEARÁ
Essa talvez seja o melhor destino para viajar com as crianças, é em Fortaleza que esta localizado o Beach Park, o maior parque aquático da America do Latina. E se tratando de crianças nada melhor que uma diversão dessas, elas adoram, são vários toboáguas e piscinas gigantes.

Fortaleza conta com diversas atrações e lindas praias, a exemplo da Praia do Futuro onde muitos quiosques oferecem espaços para os pequenos conhecidos como “kids friendly ou kids Clubs”, algumas possuem até piscina e fraldário para os menores. Outro atrativo bastante interessante é o Centro Cultural Dragão do Mar, que oferece varias atrações gratuitas, como cinema, planetário, biblioteca e teatro.

Vá com o bebê a PERNAMBUCO
A capital Recife além de suas belas praias, conta também com varias opções para a criançada, como é o caso do Parque Mirabilandia (antigo PlayCenter). Na praia de Boa Viagem durante a maré baixa se formam diversas piscininhas naturais, onde a água represada proporciona um banho muito agradável para os pequenos.

A cidade também conta com diversos shoppings, cinemas, pistas de Kart, Boliche, zoológico, passeio de Catamaran ou seja uma infinidade de atrativos que integram tantos os pais como as crianças, tronando as férias de verão em verdadeiras férias em famílias.

Vá com o bebê a SANTA CATARINA
E na belíssima Praia da Penha que se encontra um dos melhores parques do Brasil, É a Disneylândia brasileira, o parque Beto Carreiro Word, lá as crianças vão adorar o clima do parque misturado com fazendinha, Santa Catarina também conta com diversas opções para as crianças como o caso de vários parques onde as crianças poderão interagir com a natureza e quem sabe até plantar uma arvore. O Água Show Park é um parque aquático muito bom e considerado o maior do estado, ele fica localizado na Cidade de Florianópolis.

Vá com o bebê ao RIO DE JANEIRO
O Rio de Janeiro mais conhecida como a cidade maravilhosa, dispõem de passeios encantadores e culturais para serem feitos com as crianças. São inúmeros Pontos Turísticos que devem ser explorados ao máximo, como de um passeio de bonde no Pão de Açúcar ou uma visita para conhecer o Cristo redentor e o Jardim Botânico, e para os meninos que são fans do futebol, vale uma visita ao recém reformado estádio do maracanã, considerando um dos mais famosos estádios de futebol do mundo.

Praias para viajar com o bebê

Algumas praias brasileiras testadas e aprovadas por pais e mães de filhos pequenos
Região Sudeste

·         Baleia, São Sebastião (SP) — Esta praia do litoral norte paulista é preservada e bem familiar, com uma areia mais durinha que permite até o trânsito de carrinhos de bebê à beira do mar, bastante calmo.
·         Barra do Saí, São Sebastião (SP) — Neste local, você pode proporcionar a seu filho as primeiras experiências de brincadeiras na água salgada sem medo de o mar ficar agitado. Só é preciso ficar de olho nas pedras do canto direito da praia.

·         Barra do Una, São Sebastião (SP) — Além do mar calmo semelhante ao da Barra do Saí, aqui você encontra um atrativo a mais para a família: passeios de barco que partem das marinas locais.
·         Enseada, Guarujá (SP) — A vantagem desta praia do Guarujá é ser recheada de hotéis, postos de salva-vidas com chuveiros e sanitários e quiosques que disponibilizam cadeiras e guarda-sóis. Aqui você encontra também um aquário, que pode entreter toda a família. Só fique atento à superlotação da praia na altíssima temporada.
·         Juqueí, São Sebastião (SP) — A faixa de areia plana e o mar calmo explicam por que o lugar é um dos favoritos de tantos pais e mães com filhos pequenos. Mas não é só isso. Além dos vários hotéis e pousadas bem estruturados (alguns até com clubinhos infantis), Juqueí conta com dois pequenos shoppings centers.
·         Veloso, Ilhabela (SP) — O mar não é agitado e as árvores da praia formam boa sombra para proteger a família toda do sol. Outra vantagem é que não é turística demais, o que garante um ambiente mais sossegado para as crianças menores.

·         Leblon, Rio de Janeiro (RJ) — O chamado “Baixo Bebê”, em frente à rua Venâncio Aires, tem uma das maiores concentrações de carrinhos por metro quadrado de areia do país. Este badalado “point” de bebês cariocas tem também um parquinho, o que ajuda a explicar por que atrai tantas babás, papais e mamães em qualquer dia da semana.
·         Meaípe, Guarapari (ES) — Possui três itens que combinam bem com bebês: mar calmo para molhar os pés, sombras proporcionadas por castanheiras e infraestrutura de barracas, bares e restaurantes.

Região Nordeste

·         Costa do Sauípe, distrito de Mata de São João (BA) — Os resorts do complexo têm uma infraestrutura ótima para bebês, com berçário, baby-sitters, copa do bebê e até “pratos” especiais nos restaurantes.
·         Praia do Forte, distrito de Mata de São João (BA) — As boas opções de pousadas e os resorts ficam perto da praia, facilitando as idas e vindas para troca de fraldas ou um descanso da tarde.

·         Stella Maris, Salvador (BA) — As várias barracas da praia quebram muitos galhos e evitam muitas idas e vindas dos pais. Na maré baixa, as piscinas naturais são perfeitas para molhar e refrescar os bebês um pouquinho.
·         Villas do Atlântico, Lauro de Freitas (BA) — Essa praia próxima a um condomínio residencial ao norte de Salvador, a caminho do aeroporto, tem piscinas fantásticas quando a maré está baixa.
·         Porto das Dunas, Aquiraz (CE) — A praia abriga um grande parque aquático, o Beach Park, e possui resorts e pousadas muito bem estruturadas para acolher famílias.
·         Porto de Galinhas, distrito de Ipojuca (PE) — Os vários resorts da região oferecem quartos espaçosos para famílias, berçários e copas especiais para as mamães prepararem papinhas ou mamadeiras a qualquer hora do dia e da noite. Para quem está com orçamento mais apertado, também há pousadas bem estruturadas para acomodar as necessidades das crianças.

Região Sul

·         Praia de Bombinhas, Bombinhas (SC) — As pousadas contam com quartos espaçosos e, às vezes, até com cozinha. Muitas delas têm um ar de casa de praia, deixando pais e filhos bem à vontade. O mar é calmo nesta região, e há várias piscinas naturais, motivo que talvez explique a presença de tantos bebês.
·         Jurerê Internacional, Florianópolis (SC) — Localizada em um bairro residencial de alto padrão, a praia tem excelente infra-estrutura, incluindo parquinho, sombra e água fresca. Na alta temporada, há eventos para a família inteira, e os irmãos mais velhos dos bebês podem brincar com monitores.
·         Lagoa da Conceição, Florianópolis (SC) — Trata-se de uma lagoa calminha, margeada por árvores frondosas com sombra para deixar o carrinho ou até estender uma canga para o bebê engatinhar à vontade. Tem ainda uma variedade de restaurantes, bares e pedalinho.
·         Lagoinha do Norte, Florianópolis (SC) — O mar calmo permite que você entre na água com o bebê sem sustos. Os restaurantes e bares da área disponibilizam mesinhas na areia, e os vendedores ambulantes de bóias coloridas dão um charme extra ao lugar.
Região Centro-Oeste

·         Rio Quente (GO) — Quem disse que não há “praia” bem no meio do país? Sem um mar de verdade, você pode usufruir da estrutura dos parques aquáticos de águas quentes do Rio Quente Resorts. Há opções mais baratas de hospedagem fora do empreendimento, mas ainda assim perto dos parques (que cobram ingressos para o dia).

 

Recomendados para você: