CISTO-NO-OVARIO

Cisto no ovário é um assunto bem comum a respeito da saúde feminina, embora seja algo bastante frequente o termo costuma assustar a muitas de nós, especialmente quando a mulher deseja ser mãe. Um dos questionamentos mais comuns de quem está lidando com o problema, é se os cistos impedem a gravidez.

Se você está vivendo essa situação ou deseja saber mais informações sobre o assunto, você está no lugar certo. É hora de entender o que são os cistos no ovário e o que isso representa se você tem planos relacionados à maternidade. A boa notícia é que você não precisa ficar assustada assim. Entenda a razão:

O que é cisto no ovário?

Comumente chamados de cistos ovarianos, trata-se de bolsas cheias de líquido formadas sobre o ovário ou até mesmo dentro dele. São divididos em quatro tipos: funcionais, endometriomas, dermoides e cistadenoma.

sindrome-dos-ovarios-policisticos-o-que-e-e-como-tratar-4
(Foto1: Ovário Normal – Foto2: Ovário com cistos)

A maioria das ocorrências de cistos no ovário são do tipo funcionais, decorrentes do próprio funcionamento do ovário, que aumentam e diminuem com a variação do ciclo menstrual e muitas vezes sem que a mulher o perceba. Alguns são notados apenas por acaso, em ultrassom de rotina, durante cesáreas ou quando demonstram sintomas, como dor e desconforto na região baixa do abdômen.

O endometrioma ocorre em mulheres que sofrem com endometriose, sendo considerados como complicações do problema. O cisto dermoide é um tumor considerado benigno formado a partir de células da pele e o cistoadenoma, apesar de também ser considerado benigno necessita de cirurgia de remoção pois não costuma desaparecer com o tempo.

Cisto no ovário impede a gravidez?

Os cistos ovarianos não causam problemas de infertilidade ou dificuldades para engravidar. O problema ocorre devido as alterações hormonais que provocam o aparecimento desse cisto. Na maioria dos casos basta que o tratamento adequado seja realizado para que as taxas hormonais retornem ao normal para melhorar as chances de engravidar.

Cisto-no-ovário-003

Um pouco mais complicada é a situação da mulher com cisto de ovário e que engravida. Descobrindo o cisto com até três meses de gestação ela deve recorrer imediatamente ao obstetra para que sejam feitas consultas regulares já que a presença do cisto aumenta o risco de complicações. Porém, com o devido acompanhamento é possível que a gravidez ocorra sem maiores sobressaltos.

Sintomas de cisto no ovário

Nem todas as ocorrências de cisto no ovário apresentam sintomas, mas na prática alguns só surgem quando ocorrem complicações. Quando os cistos crescem, sangram, rompem-se, provocam torção das trompas ou são torcidos, acabam fornecendo alguns sinais:

  • Dor ao evacuar.
  • Dor na pélvis pouco antes ou após início da menstruação
  • Dor durante relações sexuais ou pélvica ao se movimentar
  • Dor pélvica em geral – leve e constante ou súbita e forte, acompanhada ou não de vômito e náusea.

Se você sente algum desses sintomas é recomendável procurar o ginecologista para diagnóstico e tratamento adequado do problema.

Tratamentos para cisto no ovário

Os cistos menores de 6 cm podem receber tratamento com o uso de medicamentos. Para minimizar a ocorrência de novos casos poderão ser prescritos pílulas anticoncepcionais para utilização durante seis semanas. Já os casos em que o cisto é maior que 6 cm é recomendada a cirurgia para sua retirada.

cisto-no-ovario
Ultrasonografia de ovários com cistos. (Foto: Divulgação)

A cirurgia para retirada de cistos maiores pode variar entre o procedimento de laparotomia (na qual o abdómem é operada de maneira semelhante a uma cesariana) ou o de laparoscopia (introduz-se uma cânula de endoscopia no abdômen para a retirada). A escolha dependerá do médico encarregado do caso. Abaixo assista um vídeo ainda mais esclarecedor sobre cistos nos ovários: